Entender o relatório de campanha de email

Temas deste artigo

 

Os insights do relatório de email permitem aprimorar suas estratégias de comunicação, garantir uma melhor entrega de suas mensagens e, finalmente, engajar de maneira mais efetiva o seu público-alvo.

 

 

O que é o relatório de email?

No mundo do marketing digital, compreender e otimizar a interação com seus contatos por meio de email é fundamental. Neste artigo, vamos desbravar como o E-goi define e mede as aberturas de email, lida com os bounces (emails rejeitados), e como você pode exportar relatórios de campanha para análise.

 

 

Antes de começar

 

Pré-requisitos

Antes de mergulharmos nas especificidades de cada funcionalidade, é crucial garantir que sua lista de contatos esteja atualizada e segmentada corretamente. Isso não só otimiza o alcance de suas campanhas de email, mas também reduz a incidência de bounces e aumenta as taxas de abertura.

 

O que conta como abertura

Uma abertura é contabilizada quando o E-goi detecta:

  • Visualizações de imagens: Quando um contato abre o email e as imagens são carregadas.
  • Cliques em links: Mesmo que as imagens não sejam carregadas, mas algum link dentro do email seja clicado.

Esta contabilização é semelhante à que o Gmail, Outlook, Yahoo e restantes serviços usam para medir o interesse (engagement) das pessoas. Se elas tendem a abrir ou clicar nos emails que lhes envia, demonstram interesse. E quanto mais interessadas, maior a sua reputação de envio e mais facilmente os seus emails chegam à caixa de entrada!

Por isso, faça sempre emails com conteúdo apelativo e pertinente, incluindo links bem claros que estimulem as pessoas a clicar.

 

Otimizando para diferentes serviços de correio

Para serviços que não mostram imagens por padrão (como o Outlook), utilize o texto alternativo (ALT) das imagens para incentivar a autorização de sua visualização.

Proteção de Privacidade do AppleMail bloqueia a medição de aberturas e cliques, mas é uma opção que tem que ser escolhida propositadamente pela pessoa que usa o programa. Não está operacional de imediato.

 

O que é um bounce

  • Soft bounces: Endereços de email temporariamente indisponíveis (caixa cheia, por exemplo).
  • Hard bounces: Endereços de email permanentemente inválidos ou desativados.

 

Como o E-goi lida com bounces

  • Hard bounces são imediatamente marcados como inválidos.
  • Soft Bounces precisam de ser repetidos num dado intervalo para serem marcados como inválidos pelo E-goi.

 

Lista de bounces

Os bounces têm um código numérico que ajuda a identificar o motivo da falha de entrega. Aqui está a descrição técnica dos mais frequentes, separados por categorias:

Endereço de email inválido ou inexistente

421      Service not available, closing transmission channel
450      Requested mail action not taken: mailbox unavailable (e.g., mailbox busy)
451      Requested action aborted: error in processing
550      User’s mailbox was unavailable (such as not found)
551      The recipient is not local to the server.
553      The command was aborted because the mailbox name is invalid.
5.0.0    Address does not exist
5.1.1    Bad destination mailbox address
5.1.2    Bad destination system address
5.1.3    Bad destination mailbox address syntax
5.1.4    Destination mailbox address ambiguous
5.1.5    Destination mailbox address valid
5.1.6    Mailbox has moved
5.1.7    Bad sender’s mailbox address syntax
5.1.8    Bad sender’s system address
5.2.0    Other or undefined mailbox status
5.2.1    Mailbox disabled, not accepting messages
5.1.0    Other address status
5.3.0    Other or undefined mail system status
5.4.1    No answer from host
5.4.2    Bad connection
5.4.0    Other or undefined network or routing status
5.4.3    Routing server failure
5.4.4    Unable to route
5.4.7    Delivery time expired
5.5.0    Other or undefined protocol status


Caixa cheia

5.2.2    Mailbox full
5.3.1    Mail system full


Mensagem rejeitada (devido ao conteúdo, tamanho ou outro elemento)

5.2.3    Message length exceeds administrative limit.
5.2.4    Mailing list expansion problem
5.3.4    Message too big for system
5.5.3    Too many recipients
5.7.0    Other or undefined security status
5.7.1    Delivery not authorized, message refused
5.7.2    Mailing list expansion prohibited
5.7.7    Message integrity failure


Problemas diversos no próprio sistema de correio de destino

452      Requested action not taken: insufficient system storage
500      The server could not recognize the command due to a syntax error.
501      A syntax error was encountered in command arguments.
502      This command is not implemented.
503      The server has encountered a bad sequence of commands.
504      A command parameter is not implemented.
552      The action was aborted due to exceeded storage allocation.
554      The transaction failed for some unstated reason.
5.3.2    System not accepting network messages
5.3.3    System not capable of selected features
5.4.5    Network congestion
5.4.6    Routing loop detected
5.5.1    Invalid command
5.5.2    Syntax error
5.5.4    Invalid command arguments
5.5.5    Wrong protocol version
5.6.0    Other or undefined media error
5.6.1    Media not supported
5.6.2    Conversion required and prohibited
5.6.3    Conversion required but not supported
5.6.4    Conversion with loss performed
5.6.5    Conversion failed
5.7.3    Security conversion required but not possible
5.7.4    Security features not supported
5.7.5    Cryptographic failure
5.7.6    Cryptographic algorithm not supported

 

Códigos de bounce adicionais

Os administradores dos sistemas de correio podem criar os seus próprios códigos. Os grandes ISP têm códigos de bounce específicos:

 

 

Passo-a-passo

 

Ver o relatório de email

 

1) Clique no menu Comunicar, vá a Email e clique em Ver todos.

2) Clique em Relatório da campanha que quer analisar.

 

 

Exportar o relatório

1) Clique no menu Comunicar, vá a Email e clique em Ver todos.

2) Clique em Relatório da campanha que quer exportar.

3) No relatório, clique no botão Exportar no canto superior direito do relatório para baixar um documento Excel ou PDF com os dados.

 

 

Ajustar os critérios da remoção automática de soft bounces

Os critérios usados pelo E-goi para remover soft bounces são os recomendados para email marketing. Se quiser ajustá-los:

1) Vá ao menu Listas, localize a lista onde quer mudar as regras de bounces e clique em Opções.

2) Na página de opções, clique na secção Bounces e verá a opção Remover contatos com soft bounces. Clique em Personalizar.

3) O E-goi só remove o endereço de email se um soft bounce ocorrer repetidamente num certo intervalo de dias. Se quiser que a remoção seja mais rápida (ou seja, em menos dias), mude a opção Remoção de bounces (que normalmente está Permissiva) para Moderada ou Rigorosa.

4) Clique em Gravar no canto inferior direito da janela.

 

 

Perguntas frequentes

 

As aberturas de email são o único indicador de engajamento?

Não, outras métricas complementares devem ser consideradas, como cliques em links, interações via Smart SMS, notificações web push, e análise do comportamento no site.

 

Um contato com hard bounce pode ser engajado mesmo assim?

Sim. Um contato com hard bounce fica apenas com o endereço de email inativo e deixa de poder receber mensagens através de email.

Mas continua a ser possível comunicar com o contato com outros canais do E-goi, como SMS.

 

Os bounces afetam a entrega dos meus emails?

Sim, uma alta taxa de bounces pode prejudicar seriamente a reputação do remetente e a eficácia de entrega dos emails.

 

Tenho aberturas de contatos que me disseram que nunca abriram nem clicaram nos meus emails.

Provavelmente têm um filtro de spam que, por segurança, clica em todos os emails.

Em envios grandes o efeito destes filtros deve ser insignificante (são pouco usados), mas se vir resultados estranhos no relatório, pode minimizar as aberturas falsas:

  • Coloque um link "invisível" (ou seja, transparente) no seu email que leve a um formulário de inscrição especial. O formulário deve perguntar se quem clicou é mesmo uma pessoa (para o raro caso de alguém em vez de um filtro conseguir clicar no link). Antes de analisar o relatório do email, segmente a sua lista de contatos por quem clicou no link e retire esses contatos dos seus resultados.
  • Aposte em métricas complementares - não se baseie só nas aberturas! Enviar Smart SMS para quem não abriu, usar notificações web push, fazer on-site messaging e seguir as visitas do seu site com o nosso Track & Engage são algumas formas de ter uma visão mais ampla dos seus resultados.

 

Por que motivo tenho muitas aberturas dos EUA no relatório geográfico?

Quando um contato abre um email enviado pelo E-goi, o relatório geográfico mostra, entre outras informações, o país de onde veio a abertura.

Estes dados têm como base o endereço IP que cada contato usa para se conectar à Internet.

Exemplo: O IP de um contato que abre o email é do Brasil. O relatório identificará a abertura como proveniente do Brasil. Se for de outro país, aparecerá esse país no relatório.

No entanto, em certos casos, o país detectado pode ser diferente:

  • Alguns serviços de correio, como o Gmail e Outlook.com, têm uma rede mundial de servidores para gerir tráfego, muitos dos quais localizados nos Estados Unidos. Se o email passar por servidores hospedados nos EUA, a localização da abertura pode ser esse país em vez do país onde se encontra o contato.
  • Se o contato usar ferramentas de segurança para analisar automaticamente os emails que recebe, o país da abertura poderá ser aquele de onde as ferramentas operam.
  • Se o contato usar um proxy para navegar com mais privacidade, o país será o que está atribuído ao proxy.